Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério!

O climatério, uma fase que antecede a menopausa, se constitui pela transição da mulher da sua fase reprodutiva para a não reprodutiva. Tudo sobre como acabar com a insônia no climatério está aqui!

No climatério a mulher já sofre com todos os sintomas da menopausa, tendo que lidar com fogachos, suores noturnos, pele ressecada, alterações de humor, dores de cabeça e até mesmo dores musculares. Outro sintoma muito comum no climatério e na menopausa é a insônia, podendo prejudicar noites de sono e provocando cansaço e fadiga durante o dia.

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério!

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério! (Imagem: Divulgação)

A grande maioria das mulheres precisam continuar com suas tarefas e nenhum sintoma pode atrapalhar o seu rendimento, portanto é fundamental saber como dormir bem no climatério. A seguir, veja nossas dicas para dar adeus à insônia e voltar a ter boas noites de sono.

Veja como driblar a insônia na menopausa

A insônia é um problema, pois ela impede que você durma durante a noite ou que tenha uma boa noite de sono, além de causar sono e cansaço durante o dia, impedindo que você realize suas tarefas com eficácia. Com alguns cuidados e dicas é possível combater a insônia aos poucos, voltando a aproveitar toda a sua noite.

Por exemplo, você deve evitar tirar cochilos durante o dia, mesmo que esteja com sono. Dessa forma, à noite, você conseguirá dormir mais rápido. Outra dica é evitar tomar muita cafeína, pois ela favorece a insônia. O indicado é que você não consuma cafeína após às 18 horas.

É importante ainda evitar ir para a cama logo após se alimentar. O recomendado é jantar com duas horas de antecedência antes de ir dormir. Você também deve evitar ficar ao redor de celular, televisão ou tablete quando se deitar, pois isso prejudica o sono. Você também deve sempre tentar relaxar, fazendo yoga ou até mesmo tomando um chá calmante antes de deitar.

Alimentos que podem ajudar a combater a insônia

A alimentação interfere em todos os campos de nossa vida, portanto não é diferente no climatério. Se alimentar corretamente e investir em determinados alimentos ajuda a aliviar grande parte dos sintomas dessa etapa, assim como pode contribuir para melhores noites de sono.

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério!

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério! (Imagem: Divulgação)

Os alimentos de soja são os principais, pois contém isoflavonas, substâncias que acabam substituindo o estrogênio e portanto ajudam a combater os sintomas causados pela falta desse hormônio. É indicado consumir duas porções desses alimentos diariamente.

Você também deve consumir bastante alimentos ricos em fibras, pois ajudam o intestino a funcionar corretamente. Peixes, nozes e sementes também devem estar no seu cardápio, pois contribuem para a saúde da pele e do coração.

Sintomas do climatério

O climatério é uma etapa extremamente difícil na vida da mulher, podendo causar muito estresse e desconforto durante anos. Os sintomas são causados principalmente pela falta de estrogênio no corpo, por isso a melhor forma de aliviá-los é consumindo diversos alimentos de soja. Um dos principais sintomas dessa fase é a insônia.

Esses sintomas tendem a ir embora após 3 ou 5 anos, mas há casos de mulheres que continuam tendo que lidar com eles mesmo após os 60 anos. É importante sempre ter acompanhamento médico para que ele lhe indique os melhores tratamentos para aliviar os sintomas.

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério!

Insônia? Saiba Como Dormir Bem Durante o Climatério! (Imagem: Divulgação)

Reposição Hormonal

A reposição hormonal é o tratamento mais conhecido para o climatério e a menopausa, pois ele repõe o estrogênio no organismo, evitando assim os sintomas. Entretanto, essa técnica não é mais recomendada para todas as mulheres (há sérias restrições), além de aumentar o risco de câncer de mama.

Essa técnica só deve ser adotada se outros métodos não entregarem o resultado esperado, mas é importante que seja por recomendação médica. Converse com o seu médico antes de iniciar qualquer tratamento.

Recomendados para você: