Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa

A chegada da menopausa pode trazer vários sintomas para a vida da mulher, assim como aumentar os riscos de alguns problemas, como a osteoporose.

Nessa fase é preciso ter ainda mais cuidados para manter os ossos fortes, dessa forma evitando o surgimento da osteoporose na menopausa. Além disso, é importante saber do que se trata a osteoporose e como ela é causada.

Estrogênio e Osteoporose

O estrogênio é o hormônio feminino responsável por várias funções, sendo essencial para o nosso esqueleto. Dessa forma, é correto afirmar que a diminuição do estrogênio pode acabar causando osteoporose na menopausa. O ato de calcificação dos ossos é fundamental, pois com ele o nosso esqueleto fica cada vez mais firme. O estrogênio é um hormônio essencial para a calcificação, pois carrega o cálcio para dentro dos ossos.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa. (Imagem: Divulgação)

Em muitos problemas de osteoporose o que falta em si não é o cálcio, mas sim o estrogênio para acabar levando esse nutriente aos ossos. Por isso que, na menopausa, por haver redução na produção do estrogênio, a mulher fica mais propensa a desenvolver a osteoporose.

O que Causa Osteoporose

A osteoporose é causada principalmente pela falta do estrogênio no corpo, que acaba impedindo que o cálcio chegue aos ossos, gerando fraqueza e fragilidade. Com isso, os idosos tendem a lidar com muitas quedas e fraturas.

Clique aqui e conheça 5 Alimentos para Aliviar a Menopausa!

Entretanto, apesar da falta de estrogênio ser a principal causa, há outros fatores de risco que favorecem a osteoporose, como: histórico familiar da doença, baixa ingestão de cálcio ou vitamina D, sedentarismo, consumo excessivo de bebida alcoólica ou de cigarro, pele branca ou ainda outras doenças também, como diabetes, leucemia e artrite reumatoide.

Tipos de Osteoporose

Existe mais de um tipo de osteoporose, sendo a osteoporose primária e a osteoporose secundária. A forma primária ainda pode ser classificada em tipo 1 e tipo 2. A tipo 1 é aquela que surge após a menopausa e geralmente atinge o osso trabecular. A tipo 2 está diretamente relacionada com o envelhecimento e sua principal causa é a falta crônica de cálcio.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa. (Imagem: Divulgação)

A osteoporose secundária ocorre devido a processos gerados por meio de inflamações. Por exemplo, tende a ser causada por artrite reumatoide, hipertireoidismo, entre outras doenças. Também pode ser causada pela falta de atividade física, consumo excessivo de álcool ou ainda pelo uso de determinados medicamentos.

Fisiopatologia da Osteoporose

A osteoporose é uma das principais doenças ósseas metabólicas que acaba gerando inúmeras fraturas no indivíduo e deve ser lidada com cuidado.

Desenvolvimento da Osteoporose

O desenvolvimento da osteoporose acontece com vários motivos, como você viu anteriormente. A osteoporose do tipo 2, causada pelo envelhecimento, dificilmente tem como evitar, mas ainda assim é possível seguir algumas dicas e hábitos que irão contribuir para o fortalecimento dos ossos.

Para evitar o desenvolvimento da osteoporose, é preciso praticar atividades físicas com regularidade, se alimentar bem e nunca deixar de ingerir cálcio, pois ele é essencial para os ossos. Consultar-se regularmente com o médico pode lhe ajudar a ter uma noção de como anda a saúde dos ossos, sendo essa uma forma de acompanhar o surgimento ou desenvolvimento da osteoporose.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa.

Como Manter os Ossos Fortalecidos com a Chegada da Menopausa. (Imagem: Divulgação)

Climatério e Osteoporose

O climatério é a fase que antecede a menopausa e desde essa fase já há uma redução na produção de estrogênio, o que pode gerar a fragilidade e acabar causando a osteoporose na menopausa. Para evitar a osteoporose, é preciso ingerir alimentos ricos em cálcio e vitamina D, assim como se exercitar diariamente e evitar ingerir o ferro ao mesmo tempo que ingere o cálcio.

Há ainda tratamentos naturais para o climatério e a menopausa que agem substituindo o estrogênio, e isso pode acabar evitando a osteoporose na menopausa.

Recomendados para você: